Pular para o conteúdo principal

Fonasefe continua preparação do Dia Nacional de Mobilização em 14 de setembro

Continuam os preparativos para o Dia Nacional de Lutas, Mobilização e Paralisação em Defesa do Serviço Público, contra a Reforma da Previdência e pela revogação da Reforma Trabalhista que acontece em 14 de setembro. Na terça-feira, 29, as entidades que compõem o Fonasefe estiveram reunidas na sede do Andes onde novas deliberações foram tomadas. Participaram Fenajufe, Andes-SN, ASFOC-SN,  Assibge-SN, Condsef, CSP-Conlutas, Fasubra,  Sinasefe e Sintbacen. A Fenajufe esteve representada pela coordenadora Adriana Faria.

Na avaliação da conjuntura, as entidades entendem que o quadro de deterioração dos direitos dos trabalhadores requer mobilização geral de todas as categorias e a construção da luta unitária na preservação dos serviços públicos brasileiros. Para fortalecer a luta, entidades como a FUP – Federação Única dos Petroleiros, FNP – Federação Nacional dos Petroleiros, Federação dos Bancários, FENTECT -  Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de  Correios e Telégrafos e Similares, CONTRAF – Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro serão convidadas à construção do movimento unitário a partir de 14 de setembro.

Também foram avaliadas as propostas de material produzidas para a campanha nacional do Fonasefe. A finalização acontece na próxima reunião do Fonasefe, convocada para 12 de setembro. O material será veiculado em todo o país com o objetivo de fortalecer a imagem do serviço e dos servidores públicos junto à população.

Seguindo o calendário de atividades aprovado no Fonasefe, a Fenajufe orienta aos sindicatos filiados intensificarem a participação nos fóruns estaduais de servidores e exercerem pressão máxima sobre os deputados em suas bases eleitorais. Vale destacar que na próxima semana as ações de convencimento de parlamentares nas bases deve ser fortalecida.

O calendário de atividades do Fonasefe ficou assim distribuído:

- Até 5 de setembro: articulação e fortalecimento dos Fóruns estaduais de servidores públicos.

- Primeira semana de setembro: pressão nos parlamentares nos Estados para votarem contra a reforma da previdência.

- 14 de setembro: Dia Nacional de Lutas, mobilização e Paralisação em defesa do serviço público, contra a reforma da previdência e pela revogação da reforma trabalhista.

Fonte: Fenajufe.